sábado, 27 de janeiro de 2018

janeiro | 2017

ai, que saudade de vir aqui e vir fazer posts pessoais, nas férias a gente pode procrastinar, não é mesmo? janeiro foi um mês tranquilo mas parece que passou voando, deu pra aproveitar a família, o namorado, descansar e se preparar para o começo das aulas. tenho mais uma semana de férias e confesso que estou com saudade da faculdade. sei que essa saudade vai passar logo na primeira semana, mas tudo certo.

aquele finalzinho de tarde
canção nova, cachoeira paulista, sp



fotos aleatórias desde: sempre

quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

caderno de organização de leituras

cada ano que se passa eu estou conseguindo ser mais organizada com minhas responsabilidades e compromissos, o que auxiliou bastante foi usar cadernos específicos para cada assunto abordado onde vou anotando tudo que acho necessário. no caso das leituras, sei que existem diversos sites para organização, como o skoob, porém esses sites podem sair do ar a qualquer momento, então prefiro ter algo físico para guardar tudo que acho necessário. 

por isso, assistindo alguns videos no youtube, encontrei esse da Pam onde ela mostra o seu caderno de leituras e foi a partir daí que veio a inspiração de fazer um só meu. 



como podem ver na imagem acima, é o mesmo caderno da Pam. esse é um lançamento da Tilibra, um caderno com uma pegada mais minimalistas, de 10 matérias porém com um tamanho menor do que um caderno de 10 matérias comum que saiu por R$ 17,25 na minha cidade. eu dividi esse caderno em três partes, a primeira é para metas de livros do ano de 2018 e as TBR (to be read) dos meses que estão por vir, fiz isso para ter uma noção se estou perto de bater minha meta e a quantidade de livros que estou lendo durante os meses. 



a próxima sessão é de anotações de leituras, onde vou fazer como um diário de leitura, anotando todas as minhas opiniões e passagens importantes do livro que estou lendo, isso irá me ajudar bastante nas minhas próximas resenhas.


por fim, eu fiz mais uma sessão que intitulei como controle de livros, onde vou anotando todos os livros que tenho tanto na minha estante como no Kindle, os livros escrito com caneta preta são os que já li e os com caneta azul são os que ainda vou ler.


separei cada sessão com post it simples, que deve estar em torno de R$ 6,00 ou R$ 8,00, usei canetas da Stabilo e marca textos da Faber Castell, as canetas da Stabilo saiu por R$ 4,00 e os marca textos Faber Castell R$ 3,00, cada. em todas as sessões eu deixei um espaço considerável pois pretendo dar continuidade nesse caderno nos próximos anos. 

o que acharam? vocês também usam cadernos para organização de leituras? deixa aqui nos comentários. 

qualquer item que você comprar pelo meu link na Amanzon, você ajuda o blog com uma pequena comissão.

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

sejamos todas feministas, chimamanda ngozi adiche

sejamos todas feministas não é um livro com uma história fictícia em si, muito pelo contrário, o assunto tratado é muito real no nosso cotidiano. é um discurso feito pela Chimamanda Ngozi Adiche, onde ela vai falar sobre o assunto do título, feminismo. uma leitura rápida, porém reflexiva e absolutamente necessária.

Chimamanda nasceu na Nigéria, um lugar com tradições machistas que estão presentes até hoje no cotidiano das pessoas que ali vivem, é negra e feminista. sei que parece que estamos colocando rótulos, mas são duas características que estão constantemente tentando um espaço significativo na sociedade. basicamente, Chimamanda aborda assuntos como a mulher no mercado de trabalho, o assédio sexual, a diferença hierárquica e coisas do tipo, além de fatos pessoais e de conhecidas sobre todas as situações difíceis que enfrentaram pelo simples fato de ter nascido mulher.

outro ponto importante é quando ela cita a necessidade da explicação do que é o feminismo para nossas crianças, seja menina ou menino, para que possamos estar criando futuros jovens conscientes e formando uma sociedade melhor, sem preconceitos.

é uma ótima leitura para quem procura por algo mais leve e também para quem quer saber mais sobre o assunto.

trechos do livro:

"feminista: uma pessoa que acredita na igualdade
social, política e econômica
entre os gêneros."

"o problema da questão de gênero é que ela prescreve como devemos
ser em vez de reconhecer como somos. seriamos bem
mais felizes, mais livres para sermos quem realmente 
somos, se não tivéssemos o peso das expectativas do gênero."

"feminista feliz e africana que não odeia homens, e que gosta de usar
batom e salto alto para si mesma, e não para homens." 

nome: sejamos todas feministas
autora: chimamanda ngozi adiche 
editora: companhia das letras
páginas: 24
formato: ebook kindle
estrelas: 3
comprando pelo meu link na amazon, você ajuda o blog com uma pequena comissão.